segunda-feira, 2 de setembro de 2013

11º Festival Estudantil de Teatro e Dança - 2013 Vencedores e Indicados.




11º Festival Estudantil de Teatro e Dança 

Nosso homenageado
Manoel Constantino


Assessor de comunicação 
 Leidson Ferraz

Vencedores e Indicados no Teatro Para Adultos 
Melhor Espetáculo:


Vencedor: A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica (Curso de Iniciação Teatral Cênicas Cia. de Repertório – Recife)
Também indicados:
Retratos da Realidade (Curso Livre de Iniciação Teatral da Igreja Evangélica Batista da Cohab, Programa Escola Aberta e Grupo Ministério do Riso – Cabo de Santo Agostinho)
O Deus Que Devasta Mas Também Cura (Coletivo Agridoce de Teatro e Escola Municipal Armínio Guilherme dos Santos – Cabo de Santo Agostinho)
Xeque (Grupo Corpus Abá e Associação de Apoio a Criança e ao Adolescente/AACA – Recife)
Koka Kola (Grupo de Teatro Macambira e Academia Santa Gertrudes – Olinda)
Fake Fiction (Coletivo Fake e Universidade Federal de Pernambuco/UFPE – Recife)

Melhor Direção:
Vencedora: Lane Cardoso (Xeque)
(Grupo Corpus Abá e Associação de Apoio a Criança e ao Adolescente/AACA – Recife).
Texto: Grupo Corpus Abá.

Também indicados:
Hoton Esteves (Retratos da Realidade)
Gabi Cabral (Koka Kola)
Antônio Rodrigues (A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica)
Lili Lima (Fake Fiction)

Prêmio Destaque em Teatro:

Ao Coletivo de Teatro Bárbara Idade, do Sesc de Santo Amaro, pela transposição do universo poético de Manuel Bandeira para a cena teatral em diálogo com a vida de cada integrante na peça “Alumbramento Bandeira”, com direção de Rodrigo Cunha.

Melhor Ator (empate):
Vencedores: Hoton Esteves (Retratos da Realidade) e Tarcísio Vieira (Muito Pelo Contrário)
Também indicados:
Lucas Bittencourt  (A Festa do Rei)
João Fernando (Koka Kola)

Melhor Atriz:
Vencedora: Anna Perrsy (60 Segundos – Vidas Que Se Cruzam)
Também indicadas:
Brunelly Gusmão (Retratos da Realidade)
Caroline Belut (Xeque)
Luzinete Medeiros (Alumbramento Bandeira)
Mikaela Gonçalves (Muito Pelo Contrário)

Melhor Ator coadjuvante:
Vencedor: Gemeson Lins (Quem Casa, Quer Casa)
Também indicados:
Arlan Brum (Andarilhos da Poesia Pernambucana)
Felipe Alves (Tarja Preta)
Diego Nascimento (A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica)
Gugga Siqueira (A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica)

Melhor Atriz coadjuvante:
Vencedora: Bárbara Brendel (A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica)
Também indicadas:
Priscila Cardini (A Festa do Rei)
Sissy Gusmão (Alumbramento Bandeira)

Melhor Cenário:
Vencedora: Gabi Cabral (Kola Kola)
Também indicados:
Jeferson Alves (O Deus Que Devasta Mas Também Cura)
Lane Cardoso (Xeque)

Melhor Figurino:
Vencedoras: Lane Cardoso e Sarah Paixão (Xeque)
Também indicados:
Itamar Phellype (Quem Casa, Quer Casa)
Grupo de Teatro Macambira em criação coletiva (Kola Kola)
César Leão e Raphael Gustavo (Andarilhos da Poesia Pernambucana)
Antônio Rodrigues e Sônia Carvalho (A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica)

Melhor Iluminação:
Vencedora: Lili Lima (Fake Fiction)
Também indicados:
Jeferson Alves e Thierry Fernandes (O Deus Que Devasta Mas Também Cura)
Lane Cardoso (Xeque)
Camila Alves (Tarja Preta)
Tainá Veríssimo (Koka Kola)

Melhor Maquiagem:
Vencedor: Toninho Miranda (A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica)
Também indicados:
Cesar Rasec (60 Segundos – Vidas Que Se Cruzam)
Singly Linne e DihRôh Monteiro (Retratos da Realidade)
César Leão (Andarilhos da Poesia Pernambucana)

Comissão julgadora:
Jorge Clésio, Luciana Barbosa, Ana Paula Sá e Henrique Celibi.


       11º Festival Estudantil de Teatro e Dança
        Vencedores e Indicados no Teatro Para a Infância e Juventude

Melhor Espetáculo de Teatro Para Crianças:

Vencedor: Coisas do Mar (Grupo Teatral Ariano Suassuna e Escola Estadual Santos Cosme e Damião – Igarassu)

Também indicados:
A Menina e o Vento (Oficina Cênica/OFICEN e Grupo Escoteiro Narciso Félix de Araújo – Igarassu)
Outra História de Francisco (Núcleo IniciATIVA de Teatro e Trupe Cara & Coragem – Cabo de Santo Agostinho)

Melhor Diretor de Teatro Para Crianças:

Vencedores: Albanita Almeida e André Ramos – Coisas do Mar (Grupo Teatral Ariano Suassuna e Escola Estadual Santos Cosme e Damião)
Também indicados:
Erineide Moreira – A Menina e o Vento (Oficina Cênica/OFICEN e Grupo Escoteiro Narciso Félix de Araújo)
Luiz de Lima Navarro – Outra História de Francisco (Núcleo IniciATIVA de Teatro e Trupe Cara & Coragem)

Melhor Ator (apenas um indicado):
Vencedor: Elton Daniel (Coisas do Mar)

Melhor Atriz:
Vencedora: Cláudia Barbosa (A Menina e o Vento)
Também indicada:
Laís Diniz (Tempo de Brincar)

Melhor Ator coadjuvante:
Não houve indicação

Melhor Atriz coadjuvante:
Vencedora: Rafaela Fonseca (Tempo de Brincar)
Também indicadas:
Elaine Maria (Chuva Chuvarada)
Erivânia Moreira (A Menina e o Vento)
Jessica Lígia (A Menina e o vento)

Melhor Cenário:
Vencedor: André Ramos (Coisas do Mar)
Também indicados:
Miro Ribeiro e Kedma Macêdo (Chuva Chuvarada)
Criação coletiva da Oficina Cênica/OFICEN (A Menina e o Vento)
Val Martins e Luiz Navarro (Outra História de Francisco)

Melhor Figurino de Teatro Para Crianças:
Vencedora: Kattianny Torres (Coisas do Mar)
Também indicados:
Miro Ribeiro e Kedma Macêdo (Chuva Chuvarada)
Criação coletiva da Oficina Cênica/OFICEN (A Menina e o Vento)
Dirôh Monteiro e Luiz Navarro (Outra História de Francisco)

Melhor Iluminação:
Vencedor: Luiz de Lima Navarro (Outra História de Francisco)
Também indicado:
João Paulo (Coisas do Mar)

Melhor Maquiagem:
Não houve indicação

Melhor Texto (inédito de autor pernambucano):

*Pela primeira vez, a comissão resolveu, não só premiar um texto, mas indicar outros trabalhos de valor nesta categoria, tanto adultos, quanto para a infância, reforçando este espaço para talentos na dramaturgia:

Vencedor: Coisas do Mar – Grupo Teatral Ariano Suassuna, sob supervisão de André Ramos, Kattianny Torres e Albanita Almeida
Também indicados:
Fake Fiction – Diego Albuck, Gadú Costa e Lili Lima
Outra História de Francisco – Luiz de Lima Navarro
Retratos da Realidade – Curso Livre de Iniciação Teatral da Igreja Evangélica Batista da Cohab, sob supervisão de Hoton Esteves
Koka Kola – Gabi Cabral

  11º Festival Estudantil de Teatro e Dança 
 Vencedores e Indicados no Dança Categoria Grupo

OBS: Votou a Comissão não destinar os prêmios de Melhor Bailarino e Bailarina na Categoria Grupo, por entender que vários foram os estudantes e artistas bailarinos que mereciam este prêmio, concluindo não ser justo dá-lo a apenas um bailarino ou uma bailarina.

Melhor Figurino Grupo
Vencedor: Emanuel Ancelmo Morais dos Santos  BOPE (Escola Municipal Irmã Zélia de Nicácio)
Também indicados:
Rodolpho Salles – Construção (Grupo NAP de Dança e Colégio NAP)
Rodolpho Salles – Estilo (Equipe de Dança e Colégio Equipe)
Sandra Lima – A Força de Uma Conquista (Cia. de Dança e Teatro Luardat)

Melhor Coreógrafo(a) Grupo
Vencedores: Michele Maranhão e Ana Elena Janovitz – Pra Falar de Amor (Culturarte Companhia Jovem de Dança e Culturarte Escola de Formação em Dança)
Também indicados:
Emanuel Ancelmo Morais dos Santos BOPE (Escola Municipal Irmã Zélia de Nicácio)
Black Escobar – Da Terra ao Caos (Grupo Arte Em Movimento e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Campus Recife)
Viviane Lira – Construção (Grupo NAP de Dança e Colégio NAP)

Melhor Coreografia Grupo
Vencedor: BOPE (Escola Municipal Irmã Zélia de Nicácio – Pesqueira)
Também indicados:
Construção (Grupo NAP de Dança e Colégio NAP – Recife)
Pra Falar de Amor (Culturarte Companhia Jovem de Dança e Culturarte Escola de Formação em Dança – Recife)
Da Terra ao Caos (Grupo Arte Em Movimento e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Campus Recife)

Prêmio Especial do Júri
A Black Escobar Pela Exploração Plástica do Tema na Coreografia Da Terra ao Caos (Grupo Arte Em Movimento e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Campus Recife)

 11º Festival Estudantil de Teatro e Dança 
 Vencedores e Indicados no Dança Categoria Solo, Duo ou Trio
                                              
Melhor Bailarino Solo, Duo ou Trio
(apenas um indicado)
Vencedor: Caio Pinheiro Confundidos (Aquarius Tribal Fusion e Núcleo de Cultura da Fafire)

Melhor Bailarina Solo, Duo ou Trio
Vencedora: Jeane Freitas  Rosa e Paulo (Studio de Danças)
Também indicada:
Alê Carvalho Confundidos (Aquarius Tribal Fusion e Núcleo de Cultura da Fafire)

Melhor Figurino Solo, Duo ou Trio
Não houve nenhuma indicação

Melhor Coreógrafo(a) Solo, Duo ou Trio (empate)
Vencedoras: Flávia Barros   Rosa e Paulo (Studio de Danças) e Alê Carvalho e Caio Pinheiro Confundidos (Aquarius Tribal Fusion e Núcleo de Cultura da Fafire)

Melhor Coreografia Solo, Duo ou Trio (empate)
Vencedoras: Rosa e Paulo (Studio de Danças –Recife) e Confundidos (Aquarius Tribal Fusion e Núcleo de Cultura da Fafire – Recife)

Comissão julgadora: 


Raimundo Branco, Míriam Asfóra e Liana Gesteira.



Nenhum comentário:

Postar um comentário