domingo, 14 de agosto de 2011

FESTIVAL ESTUDANTIL DE TEATRO E DANÇA PROGRAMAÇÃO

Saiba detalhes das atrações deste início de semana no 9º Festival Estudantil de Teatro e Dança. Ingressos sempre a R$ 5 (preço único promocional):



Dia 15 de agosto (segunda-feira), às 19h30, no Teatro Apolo

Crédito da foto: Anderson Leite


Fotos exclusivas da apresentação no
Teatro Apolo dentro do 9º FETED
Fotos: Pedro Portugal














O Amor de Zé e Mariquinha – Uma Comédia Regional (Grupo Teatral JR. PE e Colégio Municipal Pedro Augusto / Recife)
Texto: Anderson Leite. Direção: Júnior Pernambuco
Eis a história de amor de Zé e Mariquinha em pleno sertão nordestino. Os dois têm que enfrentar o pai da moça, o Coronel Odório, homem valente que promete matar qualquer um que se engraçar por sua filha, e as invejas da empregada Carmelita, que mesmo enamorada do fiel amigo de Zé, o esperto Bastião, faz de tudo para que o romance dos dois jovens não dê certo. Com 13 atores no elenco e alguns trechos de música ao vivo, a peça aposta na estética do teatro popular nordestino, com maquiagem feita apenas com barro, em referência à seca e às casa de pau a pique desta região.

Dia 16 de agosto (terça-feira), às 19h30, no Teatro Apolo

Crédito da foto: Anderson Leite

Fotos exclusivas da apresentação no
Teatro Apolo dentro do 9º FETED
Fotos: Pedro Portugal



Conexões Urbanas (Espaço Cênicas – Curso de Iniciação Teatral Cênicas Cia. de Repertório / Recife)
Texto: Livre adaptação de diversos autores contemporâneos, entre eles, Mário Viana, Rogério Mesquita, Luís Fernando Veríssimo, Adriana Falcão, David Ives, Adriana Falcão, Marcelino Freire e Cleyton Cabral. Direção: Antônio Rodrigues. Com pequenas histórias sobre a cidade e seus tipos urbanos, o texto traça um retrato do homem cosmopolita, através de dez tramas aparentemente desconectadas, mas que se interligam de alguma forma. No jogo cênico, o elenco usa roupa base neutra, mas vai se utilizando de acessórios para montar os diferentes arquétipos que habitam as grandes cidades. Com oito atores estreantes no elenco, esta é a primeira turma de iniciação teatral da Cênicas Cia. de Repertório, equipe que recentemente esteve em cartaz com “Senhora dos Afogados”.


Dia 17 de agosto (quarta-feira), às 19h30, no Teatro Apolo

Crédito da foto: Clarissa Dutra

Fotos exclusivas da apresentação no
Teatro Apolo dentro do 9º FETED

Fotos: Pedro Portugal










O Anjo Cangaceiro (Curso de Iniciação Teatral da Cia. do Ator Nu e Grupo Teatral Deu Babau / Goiana)
Texto: Felipe Andrade, baseado na mais polêmica obra do goianense José do Carmo Souza (Zé do Carmo). Direção: Edjalma Freitas
No enredo, um artista cria uma escultura denominada ”o Anjo do Sertão” e enfrenta problemas com a sociedade pelas colocações de uma líder religiosa contra tal obra de arte. Questões da criatividade artística, e o preconceito que a ronda, são postas em xeque, assim como os contrastes entre o bem e o mal. A obra é inspirada num fato real: em 1980, Zé do Carmo quis presentear o papa João Paulo II, em visita ao Brasil, com uma escultura intitulada “O Anjo do sertão”, mas a Igreja Católica recusou-se a receber a obra, que ficou famosa e deu ao artista um reconhecimento internacional. Interpretada por sete atores, toda a trama, pontuada entre o onírico e o real, aqui é contada por um anjo existencial.

Um comentário:

  1. Pedro vc está de parabéns!! pelo evento,foi uma honrra pra mim (Rafael Oliveira-zé do carmo)como também foi para o Grupo participar deste evento ... O pessoal do Teatro todos sempre gentis com nosco muito bomm PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir